segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Balanço!

A última vez que escrevi neste blogue foi no dia 18 de Julho. Hoje é dia 28 de Outubro. Mais de três meses já se passaram. Para mim, parece que foi mais do que um ano. Aconteceu tanta coisa, tanta coisa boa e tanta coisa menos boa. Nunca esperei que ao começar a sentir as minhas emoções, os acontecimentos da minha vida pudessem ser tão intensos. Não foram nada de especial mas mostraram muito sobre mim: avô operado, o meu casamento com a pessoa que eu mais amo (simples, só nós e a senhora do registo), uma pseudo lua-de-mel fantástica, onde apenas existimos nós, o convívio com um afilhado maravilhoso, o nascimento de uma "sobrinha" linda e a felicidade dos pais, a ciática do marido, o internamento da avó, o começo de uma nova actividade profissional, o bater do carro e o crescimento de uma vida dentro de mim... Como é que aconteceu tanto em apenas três meses? Nada de especial, coisas banais para muitas pessoas mas para mim foram altos e baixos que me fizeram viver momentos emocionais muito intensos. Agora estou apavorada! E se acontecem mais uma série de coisas nos próximos três meses? Se forem só coisas boas, não me importo mas se forem como aquelas que me dão cabo da cabeça? Tenho tanto medo. E se eu não for capaz? Quero tanto que corra tudo bem comigo e com todos os que me rodeiam. Porque é que a vida não pode ser sempre simples? Porque é que a vida não pode ser sempre bela, leve e sorrindente? Porque é que eu não consigo relaxar, despreocupar-me e aproveitar, simplesmente, o momento? Porque é que eu faço tanto mal a mim própria ao não conseguir controlar os meus pensamentos? Porque é que eu estou tão ansiosa, preocupada e medricas? Quando é que eu vou ser corajosa? Sempre quis ter uma vida a crescer dentro de mim mas nunca quis ter os sintomas que estão assoiados. Não poderia ser como aquelas mulheres que nunca tiveram nenhuns sintomas? Esta parte física dá cabo de minha parte emocional e a minha ansiedade e o meu medo dão cabo da minha parte física. Eu sei que tudo vai passar, é dar tempo ao tempo, é relaxar, é aproveitar, é ter pensamentos positivos, é ter calma, etc. Eu sei tão bem esta teoria, eu sei tão bem o que deveria fazer...Mas interiorizá-la e senti-la no coração? Admiro muito quem faça mas para mim é difícil e pronto. Isso só me prejudica mas sei que aos poucos e poucos eu vou conseguir. É uma fase, é um caminho, é uma escolha, é o destino, é um momento, é a Vida. Seja o que fôr.. Não sou uma pessoa fácil e, agora sim, ando a conhecer-me. Tenho medo do que a Vida me reserva, tenho medo de não saber o que vai acontecer amanhã mas a minha curiosidade faz-me estar pronta para querer estar presente e ver. Não da maneira que eu mais queria e, muitas vezes, a ter que lidar com coisas que eu não faço ideia como se lidam e com coisas que eu acho injustas mas pronto, lá estou, à minha maneira e do meu jeito.

Boa Viagem!

3 comentários:

Cláudia disse...

Fiquei contente ao ler este post =)

Os meus parabéns pelo casamento e pela gravidez =)

Que corra tudo bem com ambos e com o novo trabalho =)

Beijocas

Any =D disse...

Ohh que boa notícia. Muitas felicidades. Relaxa, relaxa que tudo vai correr bem. Muitos Parabéns :)

Dulce disse...

Good luck! :)