quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Um minuto, dois minutos..

Sempre ouvi dizer: "mais vale perder um minuto na vida do que a vida num minuto"! Sábia e infalível sabedoria popular. Por vezes, perdemos muitos minutos na vida com coisas que não são importantes e, até, perdemos aqueles minutos que seriam vitais para nós. Outras vezes, ganhamos aqueles minutos que são fundamentais e que fazem a difernça!
Em algumas alturas da nossa vida um minuto demora eternidades a passar: sessenta segundos parecem sessenta minutos ou até sessenta horas! Em outras alturas, um minuto nem vê-lo. Onde está o minuto que eu tanto precisava? Voou..



A verdade é que em um minuto ou conseguimos fazer tudo ou não conseguimos fazer nada. Num minuto temos toda a esperança do Mundo, vivemos sonhos, somos princesas e rainhas do nosso mundo. No minuto seguinte a esperança pode desaparecer, acordamos para a realidade e somos apenas uma gatas borralheiras que por aqui andam (algumas com muito estilo).
Um minuto pode fazer toda a difernça na nossa vida. Em um minuto podemos escolher o caminho certo a seguir ou o caminho mais turbulento. É mesmo assim!

E o que aconteceu neste minuto? Tanta coisa para tantas pessoas, nada para outras!
E eu agradeço por cada minuto que vivi até agora: os perdidos, os sofridos, os desejados e os conquistados..

Boa Viagem!

12 comentários:

Natacha disse...

Grandes verdades! Adorei o texto, fez-me todo o sentido :)


Bjinhos!!

eutambemtenhoumblog disse...

Concordo com tudo o que disseste..
Mais rápido passa o minuto em que estamos com pessoas que gostamos ou quando fazemos algo que nos dá prazer do que aquele em que queremos que passe mesmo rápido! =S

Mas acho que sim, que devemos agradecer todos os minutos, até os maus e sofridos... é sinal que pelo menos andamos por cá! ;)

Beijocas

AvoGI disse...

num minuto a via muda um minuto de felicidade pode antevir um momento de uma grande dor
kis .=(

Te disse...

Que belo texto, o tempo é realmente uma coisa relativa.

Ás vezes precisamos de fazer isto e aquilo e as 24 horas do dia não chegam parece que precisavamos de um dia muito maior.

E por outro lado noutras alturas parece que o dia se arrasta e teima em durar e durar e durar.

Cá para mim depende muito do que estamos a fazer e da satisfação com que o fazemos, o que é certo é que deviamos aproveitar todos os minutinhos para fazer algo que nos deixe felizes. Missão impossivel, eu sei. :-)

Beijinho.

remall disse...

pois somando todos os minutos...montamos os retalhos de nossa vida.
um minuto vale muito...o minuto perdido e o minuto vivido.

Dama das Camélias disse...

Belas palavras!
E a mais pura verdade. EU também agradeço cada minuto que passa e eu cá estou. Sempre a aprender e a viver com os nossos, isso é o mais importante.

Beijinho

Paula disse...

Olha que isso é bem verdade. Até um segundo faz diferença, quanto mais um minuto...

Denise disse...

Gostei muito do texto, faz muito sentido.

Espero que esteja bem contigo e obrigada pelo teu comentário.

bjinho

Sonica disse...

Lindo texto!
Excelente f.d.s.!

♥ Danizitha disse...

Como este post é verdade ;)

Any =D disse...

Queria oferecer-te um prémio. Podes encontrá-lo aqui:http://o-mundo-da-any.blogspot.com/2012/01/8-selo.html

Espero que gostes :)

ana cerneleanu disse...

É bem verdade, às vezes os minutos passam tão devagar e outras vezes a correr. Num entanto todos são preciosos e fazem pare da estrada que é a vida.
Beijinho