segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Qualidade/ Defeito #1

O Esquecimento

Já há algum tempo que queria iniciar uma rúbrica semanal onde falasse das minhas características pessoais ou das características das pessoas em geral. Contudo, nunca me lembrava até que hoje lá me lembrei a tempo! E devido a esta última frase nada como começar por falar de uma característica que está muito "entranhada" em mim: o esquecimento!

Sou uma pessoa extremamente esquecida. Facilmente me esqueço de onde ponho as coisas e de muitos acontecimentos que ocorrerem ao longo do dia. Sob este ponto de vista é um enorme defeito com o qual me chateeio comigo própria muitas vezes! É frustante pensar que tenho que apontar para não me esquecer e depois esquecer-me de apontar. Eu sou tão esquecida que houve uma altura em que o médico me receitou medicamentos para a "memória", eu comprei-os e depois esquecia-me de os tomar! Só mesmo comigo! Mas, agora estou muito melhor. Com pequenas técnicas aprendi a lembrar de mais coisas e, agora, por exemplo, já consigo memorizar com mais facilidade novos caminhos sem que para isso seja necessário passar por eles umas cem vezes! Felizmente, esta não é uma característica que atrapalhe a minha vida ou que devido a ela eu deixe de cumprir com as minhas obrigações e deveres! Por vezes é inconveniente mas, também, consegue ser engraçada!

(Fonte: Google Imagens)

Consigo visualizar um lado bom no esquecimento! Existem alguns acontecimentos do meu passado que estão esquecidos e que seria doloroso recordá-los, daí que eu não me importe muito que não me lembre. Sim, é melhor esquecer certas coisas que aconteceram. Mas será mesmo que as esqueci? Umas sei que as esqueci, outras nunca saberei que as esqueci e, ainda, existem outras que eu não me quero lembrar. Deste ponto de vista, uso o esquecimento como uma arma de defesa, como uma protecção a meu favor e considero-o uma qualidade!
E por aí, consideram o esquecimento um defeito ou uma qualidade? São muito esquecidos ou lembram-se de tudo o que acnteceu ao pormenor desde o dia em que nasceram :) ?
Desejo-vos uma excelente semana!

Boa Viagem!

10 comentários:

eutambemtenhoumblog disse...

Olá

Olha básicamente também me esqueço de tudo :P

eu costumo dizer que só não perco a cabeça porque está agarrada, porque tudo o resto eu perco... As chaves, o telemovel, a carteira, aneis, pulseiras... Eu sei lá... É tudo! :P

Para mim, considero mesmo o esquecimento como defeito... Pelo menos o meu lol :P

Beijos

aprendereorganizar disse...

Ñão sou muito nem pouco axo que sou o normal...
Por isso a agenda nunca me deixa;)

Te disse...

Eu também deixo coisas em sitios e depois não me lembro de as levar para casa, às vezes esqueço-me que alguém está à espera de uma chamada minha, esqueço-me de fazer certas coisas que me pediram para fazer, mas passado um tempo lembro-me sempre "ai esuqeci-me disto ou daquilo" e lá vou eu. Normalmente isto só me acontece nas coisas insignificantes.

O que é realmente importante eu lembro-me sempre e por outro lado consigo recordar com exactidão conversas que já tive à anos com todos os promenores.

Eu acho que não sou esquecida, acho que a minha caracteristica não é o esquecimento mas sim a distração. Sou completamente distraida.

Beijinho.

Formiguinha disse...

Também sou muito esquecida e por isso ando sempre com listinhas para não me esquecer de nada:)
Mas lembro-me perfeitamente de todos os momentos bons e maus da minha vida, alguns queria esquecer mas não consigo):

Bom feriado!
Beijinhos da Formiguinha

Mafalda S. disse...

Eu às vezes também sou um pouco esquecida. Mas até acho que a culpa não é propriamente da memória, mas da multiplicidade de afazeres.

Ainda bem que consegues ver um lado positivo no esquecimento:)

Beijinho e um bom feriado.

saboracasa disse...

Esqueço-me facilmente dos momentos sem interesse. Não registo momentos tristes ...
Com o tempo vamos ficando mais ocupadas. Passamos a tratar do marido, dos filhos e mais tarde dos pais. Como é natural esquecemos de pequenas coisas ... Pior é quando passamos a esquecer os importante.
Criei uma pequena técnica, registo tudo na minha agenda assim nada fica esquecido...
beijocas
Paula

Caminhante disse...

eutambemtenhoumblog(ainda não sei o teu nome próprio) como eu te compreendo! Eu só não perco mais coisas porque normalmente esqueço-me delas em casa :)

Catarina (aprenderaorganizar) também gostava que a minha agenda andasse sempre comigo. Assim tinha sempre a certeza que não me esquecia mesmo de fazer aquelas coisas com menos importância :)


Te, fiquei surpreendida com esta tua frase: "consigo recordar com exactidão conversas que já tive à anos com todos os promenores", uau, disso não sou mesmo capaz!
Ás vezes sei que faço as coisas por distracção e não por esquecimento mas acho que o meu mal é mesmo o esquecimento :)

Formiguinha, a mim já me aconteceu fazer uma lista de compras e esquecer-me dela em casa, é mesmo o cúmulo :)

Mafalda S., gostei do teu ponto de vista, da "multiplicidade de afazeres", não tinha pensado nisso. Tento sempre ver um lado positivo nas coisas mas nem sempre é fácil :)

Paula (saboracasa), lá está o que a Mafalda disse anteriormente, a "multiplicidade de afazeres" e que eu nunca tinha pensado nisso. Também gostava de não registar os momentos maus, acho que é mesmo um mecanismo de defesa.

Muito obrigada pelos vossos comentáarios e peço desculpa pela resposta tardia, não foi por esquecimento mas sim por falta de tempo.
Beijinhos

ana disse...

olá caminhante. Normalmente não sou esquecida, claro que como qualquer "comum mortal" tenho os meus momentos de completo esquecimento.Ontem cheguei a casa depois uma compras que tive de fazer, qd sai novamente de casa por volta das 17h não encontrei a chave do carro em lado nenhum. Procurei na mala, nos bolsos em cima dos móveis, no lixo nada de nada. De repente pensei... será que deixei a chave no carro?????? Pois é!!!! Tive uma sorte desgraçada pq ninguem reparou mas ela lá estava linda na ignição e a porta sem estar trancada. Oh valha-me Deus, apanhei uns nervos nunca tal me aconteceu!!!!!!
Depois nas coisas da vida, momentos, situações normalmente ficam na memoria uns mais vivos outros quase desbotados mas que as vezes por qualquer motivo vem a superficie.Se é defeito???? Eu costumo dizer (pq trabalho com uma pessoa completamente esquecida) que é feitio. Há pessoas assim, as vezes não é esquecimento mas distração.
Bom já me alonguei, beijinhos

eutambemtenhoumblog disse...

Desculpa só agora vi a tua resposta =)

O meu nome é Cláudia =)

Beijos

Bom fim-de-semana

Caminhante disse...

Ana, o que eu me ri com o teu testemunho (porque acabou bem)! São coisas que acontecem, por vezes esquecemos das coisas porque já são tão habituais.. Também concordo que é mesmo feitio :)
Beijinhos